Faixa publicitária
Nomeações

Para o serviço do Povo de Deus

A solicitude por toda a Igreja e o sentido de serviço ao Povo de Deus, que lhes foi confiado, são missão primordial dos bispos, enquanto pastores da Igreja.

Esta missão cumpre-se na oração permanente a Deus a favor do Povo, no anúncio incansável da alegria do Evangelho, na celebração festiva da fé e no exercício criativo da caridade. A nomeação dos sacerdotes, diáconos, consagrados e leigos para múnus pastorais específicos insere-se nesta dimensão de solicitude pastoral dos bispos pelo Povo de Deus.

Neste Ano santo da Misericórdia, o Papa Francisco convida-nos a rezar mais intensamente e a trabalhar com mais determinação, para que no rosto, no coração e na vida da Igreja se espelhe a misericórdia do Pai, revelada em Cristo. Assim: “A Igreja tem a missão de anunciar a misericórdia de Deus, coração pulsante do Evangelho, que por meio dela deve chegar ao coração e à mente de cada pessoa” (MV 12).

 

Mais
 
Mensagem à Diocese na apresentação do Plano Diocesano de Pastoral 2016-2017

Vamos apresentar a toda a nossa Diocese o Plano Diocesano de Pastoral para o próximo ano pastoral, para a todos motivar, envolver e mobilizar para a missão. Fazemo-lo na continuidade do caminho percorrido ao longo do tempo pela Igreja do Porto, procurando nada perder do que a história nos transmite em herança, em dinamismo apostólico, em recursos humanos, em estruturas edificadas e em desafios pastorais.

A apresentação agora feita a toda a Diocese vai a partir daqui multiplicar-se e replicar-se em cada vigararia, paróquia, secretariado diocesano, comunidades religiosas, movimentos, associações e obras da Igreja do Porto.

É tempo de agradecer o ano pastoral em curso e todos os bens e dons que Deus nos concedeu no percurso abençoado deste tempo pastoral. Depois do belo caminho percorrido neste Ano jubilar da Misericórdia e da avaliação feita por toda a Diocese, queremos continuar, com a ajuda de Deus e guiados pela mão de Maria, Mãe de Jesus e Mãe da Igreja, a construir o futuro com alegria e com esperança.

Mais
       
Homilia nas Ordenações de Diáconos e Presbíteros no Porto

1.Os evangelhos que se proclamam ao longo destes próximos domingos trazem-nos narrações e ensinamentos a partir do encontro de Jesus com várias pessoas que com Ele cruzaram no caminho para Jerusalém.

Hoje, S. Lucas centra-se no sugestivo diálogo de um doutor da lei que interroga Jesus para o experimentar. E desta iniciativa, presumivelmente sem intenção séria e sem justificação verdadeira, surge uma bela lição, que a todos nos aproveita, e um sábio conselho, que a todos é útil. No termo do encontro, já não é o doutor da lei que interroga Jesus, mas sim Jesus que questiona o doutor da lei e já não é Jesus que responde, mas sim o doutor da lei que abre caminho ao conselho imperativo de Jesus. À pergunta de Jesus sobre quem é o próximo do homem caído em desgraça e deixado à beira da estrada pelos salteadores, responde o doutor da lei: “O que teve compaixão dele” (cf. Luc 10 25,-37). E o doutor da lei recebe de Jesus este mandato: “Então, vai e faz o mesmo” (Luc 10, 37).

Mais
     

Consultar Arquivo

Mais Notícias


Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Diocese acolheu cinco novos sacerdotes e quatro diáconos

2016-07-15 13:42:37
Capa
2016-07-15 13:40:36
PDF
2016-07-15 13:37:49
Word
2016-07-15 13:37:05
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.