Faixa publicitária
comemoração dos 50 anos do MCC no Porto PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Notícias - Notícias

PROGRAMA:

1. Intendência: dia 14 de Abril (5ªfeira) da Alfandega do Porto até à Sé, presidida pelo Sr. D. Manuel Clemente

2. Dia de Festa: dia 16 de Abril (sábado) em Vilar

- das 15h00 às 17h30: história do movimento e actuações das diversas ultreias

- 18h00: eucaristia de acção de graças, presidida pelo Sr. D. Manuel Clemente

- 19h30: jantar partilhado

- 21h00: clausura conjunta dos cursilhos de homens e mulheres, presidida pelo Sr. D. Manuel Clemente e com a presença dos Senhores Bispos Auxiliares.

 

Mais informações: http://cursilhos.diocese-porto.pt

 

 

Estamos a viver intensamente os cinquenta anos do nascimento do Movimento dos Cursilhos de Cristandade na nossa Diocese. Começamos em Setembro por levar as Ultreias às Comunidades Paroquiais e nessa comunhão visível que queremos permanente, levamos a Ultreia e o grande Grupo que ela constitui a 74 Paróquias, de Felgueiras a terras de Arouca. Inserimo-nos assim na grande Missão Diocesana de 2010 de modo particular e bem ao nosso jeito, de levar a Boa Nova de Cristo aos ambientes.

Continuamos em 28 de Outubro passado na Intendência Diocesana realizada em Ovar, pelo Cursilho 289 H, presidida pelo Sr. D. João Lavrador. Percorremos os passos da paixão de Cristo, pelas ruas de Ovar e celebramos a Sagrada Eucaristia na Igreja matriz repleta de Cursilhistas vindos de toda a Diocese. Iremos continuar a 14 de Abril próximo também com uma Intendência Diocesana, pelos Cursilhos 231 S e 291 H que se realizarão simultaneamente (com a Direcção Espiritual de S. Exias Reverendíssimas D. António Taipa e D. João Lavrador, respectivamente), intendência essa que será presidida pelo nosso Bispo, Sr. D. Manuel Clemente e que se iniciará na Alfândega do Porto, para terminar com a Eucaristia na Sé Catedral, ali bem perto do Seminário Maior, onde há cinquenta anos os novos do 1º Cursilho do Porto, viviam o seu encontro pessoal e jubiloso com Cristo.

O dia grande do Jubileu será o dia 16 de Abril, sábado de Ramos, e nesse dia a Casa Diocesana de Vilar estará por assim dizer por nossa conta. Iniciaremos com actividades no Auditório das 15 às 17.30 horas, actividades essas (animação, testemunhos, projecções) que serão complementadas com exposições nos átrios da Casa com a história do Movimento. Aqui as Ultreias terão um papel importante pois terão um espaço reservado, para nos apresentarem a sua história. E assim desde a Ultreia do Porto que historiará certamente uma vivência rica de 50 anos, até à ultreia benjamim de Vale de Cambra com os seus 11 anos, todas poderão contar a sua história. Pelas 18 horas teremos a Solene Eucaristia presidida pelo Sr. D. Manuel Clemente, e gostaria de ver o Auditório cheio nesse momento importante de Acção de Graças pelo nosso Movimento e por tantos homens e mulheres que viveram a experiência viva e inesquecível dum Cursilho e tantos deles já a viveram na Casa do Pai. Aliás há dias quando tivemos a oportunidade de entrevistar para o nosso Fermento um dos valentes do 1º Cursilho do Porto, o Manuel Ferraz de Gulpilhares, ele dizia-nos que na celebração dos 25 anos, estiveram no Palácio de Cristal para cima de 5.000 Cursilhistas. E lembrando-me do que foi a mobilização do Porto para as Ultreias de Vila Viços, de Lamego, Sameiro e de Santiago de Compostela, interrogo-me se não seremos capazes agora de, nos dias de hoje, encher os 1.300 lugares do Auditório de Vilar? Tudo passa pelo nosso envolvimento, do envolvimento das Ultreias de fazerem chegar os convites já emitidos a tantos e tantas Cursilhistas que um dia viveram essa experiência e fazem e farão sempre parte do nosso Movimento.

Após a Eucaristia pelas 19.30 horas será servido um “buffet” dum prato quente. Temo que não chegue para todos para razões de logística da Casa, pelo que incentivamos as Coordenadoras a trazerem também algo para “partilha” para assim podermos aconchegar todos os estômagos. A clausura conjunta dos dois Cursilhos pelas 21 horas, que será igualmente presidida pelo nosso Bispo será o momento alto da nossa Festa, porque Clausura é isso mesmo, festa daqueles e daquelas que viveram os seus cursilhos com os mais antigos que se reverão na alegria dos novos e novas Cursilhistas. O Secretariado Diocesano não coloca fasquias para a participação nos dois Cursilhos mas, como dizia o Joaquim Mota aos vogais do Pré-Cursilho em reunião havida recentemente em Vilar: “50 homens e 50 mulheres, seria um número bonito para estes Cursilhos”. Assim queiramos nós todos.

A 28 de Abril o Porto celebrará na Biblioteca do Seminário da Sé, onde há cinquenta anos foi realizada a primeira Ultreia da Diocese, o aniversário da sua Ultreia, com programa a defi nir. Finalmente a 19 de Maio encerraremos no Porto/Norte as nossas festividades. Penso que este é um tempo de envolvimento de todo o MCC do Porto neste Jubileu que pretendemos que seja de festa e de celebração, mas também de comprometimento em relação ao futuro. O Movimento dos Cursilhos de Cristandade só se realizará completa e efi cazmente se for fi el ao seu Carisma e Finalidade: levar a Boa Nova de Cristo aos homens e mulheres do nosso tempo.

O Secretariado Diocesano conta com o envolvimento e a participação de todos os Cursilhistas da Diocese neste tempo festivo, para que possamos gritar bem alto uma das frases chave do Movimento e que tantas vezes parece andar esquecida: CRISTO e EU maioria absoluta.

DeColores.
Salvador Soares.

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Entrada Solene de D. Manuel Linda na Diocese do Porto

Agência Ecclesia

Cartaz e banner FB
2019-04-17 14:56:29
Pagela Oração
2019-04-17 14:56:10
Guião
2019-04-17 14:55:11
Quaresma 2019
2019-03-25 15:40:45
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.