Faixa publicitária
Dignidade da vida humana: Um percurso em construção na Escola PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Notícias - Notícias

 

Nos dias 11 e 12 de fevereiro, na casa Diocesana de Vilar - Porto, com o tema «Dignidade da vida humana: Um percurso em construção numa Escola com lu(cide)z» decorreu mais um tempo de formação para professores de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC). A iniciativa, da responsabilidade do departamento de EMRC do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) contou com a parceria da Universidade Católica Portuguesa (UCP).

 

A formação contou com a presença de mais de 300 professores da disciplina, oriundos das Dioceses do Porto, Braga, Viana do Castelo, Aveiro, Lamego, Vila Real, Bragança-Miranda, Coimbra, Viseu, Guarda e Algarve.

 

Os temas desenvolvidos na formação foram diversificados: Bioética, Migrações e Família.

- “Entre a angústia e a esperança”: uma leitura das condições da existência humana na contemporaneidade – Américo Pereira (professor de filosofia na FCH da UCP)

- Educar contra a indiferença: desafio(s) ao SER escola – Micael Pereira (jornalista)

- Bioética: olhar a ciência, servir o Homem – Vítor Coutinho (padre, professor de Teologia na FT da UCP, Vice-reitor do Santuário de Fátima)

- Viver o teu tempo de morrer: uma responsabilidade e um privilégio humano! – Filipe Almeida (médico, membro da Academia Pontifícia para a Vida)

- O respeito pela dignidade do corpo e a(s) questão(ões) do aborto - Berta Catalão (médica)

- Mobilidade humana: sonhos de profeta, pergunta de Deus – Julieta Dias (religiosa, membro da Comissão de Apoio às vítimas de Tráfico de Pessoas)

- Da hostilidade à hospitalidade – André Jorge (Diretor do Serviço Jesuíta aos Refugiados)

- Todo o Homem é maior que o seu erro; A vida nas prisões – Cláudia Assis Teixeira (Presidente da direcção da Associação Foste Visitar-me)

- A família no contexto atual: interpelações à visão cristã da vida – J. E. Borges de Pinho (professor de teologia na FT da UCP)

A formação terminou com a Eucaristia presidida por D. António Francisco dos Santos. Na Homilia, o Bispo do Porto relembrou a importância de um amadurecimento intelectual acerca dos atuais desafios bioéticos que se colocam à sociedade. Os tempos atuais são oportunidades para discernir, analisar e apresentar uma grelha de leitura para ver a vida de acordo com os princípios que a promovem. Assim, a EMRC coloca-se ao serviço das comunidades educativas onde está presente.

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Entrevista ao padre Samuel Guedes sobre Sílvia Cardoso

carta
2017-03-02 11:04:29
Cartaz
2017-02-24 12:02:57
Imagens
2017-02-14 10:58:46
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.