POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

 

Faleceu ao início da noite de 23 de fevereiro o Padre Fernando Correia Gonçalves.

Nascido a 22 de junho de 1938, contava 84 anos. Era natural da paróquia de Chave, no concelho de Arouca. Frequentou os seminários diocesanos do Porto e, concluído o curso de Teologia, foi ordenado presbítero da diocese na catedral do Porto, pelo Administrador Apostólico D. Florentino de Andrade e Silva, em 5 de agosto de 1962 e celebrou Missa Nova na sua paróquia de Chave, em 15 de agosto do mesmo ano, tendo ali lembrado este ano os 60 anos da sua ordenação.

Logo foi nomeado vigário cooperador de Santo Tirso e no ano seguinte nomeado “vigário ecónomo” ou pároco de Cabreiros e Albergaria da Serra, no concelho de Arouca. Cinco anos depois, em outubro de 1968 foi nomeado pároco de Moldes e Janarde, e m 1968 foi designado capelão militar, cargo que exerceu até 1971, ano em que retomou a paroquialidade de Moldes, Janarde e Covelo de Paivó, e ali desempenhou a sua missão até ser nomeado em 1977 pároco de Milheirós de Poiares, concelho de Santa Maria da Feira, e de Macieira de Sarnes (Oliveira de Azeméis) missão que desempenhou ao longo de 46 anos, apenas tendo deixado Macieira de Sarnes em 2020, por motivos de saúde. Na sua despedida foi homenageado pela paróquia. Desde 1977 foi também professor de Religião e Moral na Escola Secundária de S. João da Madeira.   

As exéquias solenes celebram-se no dia 25 de janeiro, às 15h30, na Igreja de Milheirós de Poiares. Preside o Bispo do Porto.