POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Covid-19: Prioridade às pessoas, não ao dinheiro, pede o Papa (c/vídeo)


O Papa presidiu hoje à Missa de segunda-feira de Páscoa, com transmissão online, apelando à preparação do pós-pandemia com prioridade para as pessoas, evitando o regresso de erros do passado.

“Rezemos hoje pelos governantes, os cientistas, os políticos, que começaram a estudar o caminho de saída, o pós-pandemia, este depois que já começou, a fim de que encontrem o caminho certo, sempre em favor das pessoas, sempre em favor dos povos”, disse, no início da celebração, na Capela da Casa de Santa Marta.

Já na homilia, o Papa desenvolveu o tema, ao falar do que definiu como “saudade do sepulcro”, em contraponto ao anúncio da ressurreição, que marca a celebração da Páscoa.

“Regressar ao sepulcro da fome, da escravidão, das guerras, das fábricas de armas, das crianças sem educação… aí está o sepulcro”, advertiu.

Também hoje, diante do próximo – esperamos que seja em breve –, próximo fim desta pandemia, há a mesma opção: ou a nossa aposta será pela vida, pela ressurreição dos povos, ou será pelo deus dinheiro”.

O Papa concluiu com uma oração, para que Deus ajude todos, na vida pessoal e social, a “escolher o anúncio: o anúncio que é horizonte, é aberto, sempre”.

“Que nos leve a escolher o bem das pessoas. E a jamais cair no sepulcro do deus dinheiro”, insistiu.

OC - Agência Ecclesia