POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Homens e mulheres que revelam Deus


D. Armando Domingues presidiu a Eucaristia no Dia do Consagrado.

No IV Domingo de Tempo Comum a Igreja celebrou a Festa da Apresentação de Jesus no Templo, coincidindo este ano com o Dia da Vida Consagrada, 2 de fevereiro. No Evangelho, Jesus é apresentado como “a salvação” de todos os povos e “a luz” para todas as nações. Simeão e Ana são personagens importantes e reconhecem o menino como o Messias.

Na diocese do Porto, a Catedral encheu-se de consagrados e consagradas, na tarde de domingo, para uma Eucaristia presidida por D. Armando Domingues. O bispo auxiliar do Porto assinalou que na “nova aurora de Evangelização” que vivemos é importante que os consagrados não percam os novos “dinamismos” para serem “homens e mulheres que revelam Deus”. Lembrou a necessidade das comunidades de consagrados e consagradas viverem no mundo o “testemunho cristão” inspiradas pela certeza de que “a misericórdia é maior do que a fragilidade”.

No dia 1 de fevereiro, sábado, as quatro zonas pastorais da diocese do Porto viveram importantes vigílias de oração com a intenção das vocações consagradas: na Zona Norte no Mosteiro das Irmãs Carmelitas de Bande, na Zona Nascente em Baltar com as Beneditinas Missionárias de Tutzing, na Zona Sul, em Santa Maria da Feira com os Irmãos Passionistas e na Zona do Grande Porto (foto) com os padres da Companhia de Jesus na Igreja de Nossa Senhora de Fátima.

 

“Consagrados para evangelizar”, foi o lema da Semana de Oração pela Vida Consagrada.

(RS)