POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Missa na Catedral do Porto, todos os dias online (11h)


A partir do próximo domingo, 24 de janeiro, III Domingo do Tempo Comum e Domingo da Palava de Deus, a Catedral do Porto inicia a transmissão online da Missa.

Neste período de suspensão das celebrações públicas decidido pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) a Catedral do Porto transmitirá online a Missa todos os dias pelas 11 horas. A Eucaristia poderá ser acompanhada no Facebook da Catedral e também da Diocese do Porto e da Voz Portucalense.

Recordemos que devido à “extrema gravidade da situação pandémica de Covid-19 em Portugal” a CEP decidiu a “suspensão da celebração ‘pública’ da Eucaristia a partir de 23 de janeiro de 2021”. Através de um comunicado, os bispos portugueses tomaram também a decisão de suspender “catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto”.

O texto refere ser um “imperativo moral” observar “o máximo de precauções sanitárias para evitar contágios, contribuindo para ultrapassar esta situação” de pandemia.

A CEP sublinha ainda que “estas medidas devem ser complementadas com as possíveis ofertas celebrativas, transmitidas em direto por via digital”.

Informa também que “as exéquias cristãs devem ser celebradas de acordo com as orientações da Conferência Episcopal de 8 de maio de 2020 e das autoridades competentes” – pode-se ler no comunicado que dedica uma palavra especial para “quantos, na linha da frente dos hospitais e em todo o sistema de saúde, continuam a lutar com extrema dedicação para salvar as vidas em risco”.

“Que Deus abençoe este inestimável testemunho de humanidade e generosidade e que eles possam contar com a solidariedade coerente e responsável de todos os cidadãos, a fim de que, com a colaboração de todos, possamos superar esta gravíssima crise e construir um mundo mais solidário, fraterno e responsável” – escrevem os bispos.

“Pedimos que, a nível individual, nas famílias e nas comunidades, se mantenha uma atitude de constante oração a Deus pelas vítimas mortais da pandemia, pedindo ao Senhor da Vida que os acolha nos seus braços misericordiosos, e manifestamos o nosso apoio fraterno aos seus familiares em luto” – conclui a nota.

RS