POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Comissão para o Cuidado dos Frágeis


 

 

Comissão para o Cuidado dos Frágeis

 

Verificando-se a necessidade da promoção de uma cultura do cuidado das vulnerabilidades e fragilidades, em todos os âmbitos da sociedade, mas especialmente no interior das comunidades eclesiais que constituem esta Diocese do Porto; sendo aconselhável garantir a segurança dos lugares eclesiais e a formação de agentes pastorais; confirmando-se a urgência de uma formação e educação continuadas que previna todas as formas de violência e abusos, mormente a violência doméstica, pedofilia, «bullying», assédio, intimidações, coação sobre idosos, etc.,

Hei por bem

1. Criar a COMISSÃO DIOCESANA PARA O CUIDADO DOS FRÁGEIS, em regime experimental e pelo prazo de três anos

2. Confiar aos três primeiros membros a tarefa do acolhimento, receção e análise preliminar de eventuais denúncias de pedofilia e todos os tipos de violência imputada a pessoal eclesiástico desta Diocese, bem como a religiosos e leigos que trabalhem, de forma estável, para as suas instituições, podendo, para isso, solicitar a colaboração de qualquer um dos outros membros da Comissão, se julgarem oportuno e necessário.

Dada no Porto e Paço Episcopal, aos 21 de novembro de 2019.

 

 

PEDIR AJUDA

Face a uma suspeita ou revelação de abuso sexual por parte de um agente pastoral da Igreja Católica, deve sinalizar a situação e pedir ajuda.

A quem?

Diocese Porto - Comissão para o Cuidado dos Frágeis

Telefone: 223392330

E-mail: cuidadodosfrageis@diocese-porto.pt

Morada:  Comissão para o Cuidado dos Frágeis | Casa Episcopal - Terreiro da Sé | 4050-573 Porto

 

Guia de apoio para download:

- "Abuso Sexual de Crianças e Jovens - conhecer para prevenir, detetar e intervir"