POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Todos aqui renascemos - Caminhada diocesana da Quaresma à Páscoa 2020


Todos aqui renascemos

Caminhada diocesana da Quaresma à Páscoa 2020

 

O prefixo «re», de regeneração ou renascimento, evocado por Dom Manuel Linda, no número 5 do Pórtico ao Plano Diocesano de Pastoral, inspirou a Equipa de Coordenação para o Triénio Pastoral a retomar a ideia da caminhada anterior, com o mote “Todos aqui nascemos”, para oferecer agora a proposta de um caminho batismal e quaresmal, que nos conduza à celebração da Páscoa, sob o lema “Todos aqui renascemos”.

A ideia de «renascer», de regenerar, de renovar, de reconduzir à luz da fé, aplica-se, com toda a propriedade, ao tempo favorável da Quaresma, que é caminho e iniciação à Pascoa, e por isso, tempo primaveril de “renascer”, seja pela celebração dos sacramentos da iniciação cristã, seja pela renovação das promessas batismais, seja por uma radical conversão de vida.

Por isso, este prefixo “re”, de renovação da vida (Bar 3,2), acompanhar-nos-á da Quaresma à Páscoa, de vários modos: renunciar (1.º domingo), revestir (2.º domingo), renovar (3.º domingo), reconhecer (4.º domingo), reviver (5.º domingo), reinar (domingo de Ramos) e ressuscitar (domingo de Páscoa).

Esta linha de continuidade permite manter o foco batismal, usando a mesma imagem ou símbolo da videira. Sugere-se que esta videira (se possível, a mesma usada na caminhada do Advento ao Batismo do Senhor) permaneça junto do Batistério ou, de algum modo, em ligação com ele ou então, se parecer mais conveniente, poderá colocar-se junto à Cruz (ou em volta dela) ou próxima do altar.

A proposta procura ser fiel à dimensão claramente Batismal da Quaresma, de modo especial, no Ciclo A, do Ano Litúrgico em curso. Para cada semana são apresentados: uma palavra-chave, para uma dimensão batismal a privilegiar, um elemento significativo a colocar ao pé da videira, uma proposta celebrativa para catecúmenos e batizados e alguns exercícios espirituais concretos, na perspetiva de uma verdadeira poda (d)e limpeza da vida batismal.

Em toda a proposta há uma clara insistência na reutilização dos elementos batismais da Quaresma, acentuando a centralidade e a culminância das celebrações do tríduo pascal, para o qual deve ser mobilizada toda a comunidade, nos seus fiéis, grupos pastorais e de catequese. Este subsídio não se destina exclusivamente aos párocos, reitores e capelães, mas pretende ser um contributo formativo e interpelativo para todos os grupos e agentes pastorais.

 

A Equipa Coordenadora do Triénio Pastoral

 

Documentos para download: