POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Diocese em celebração alargada de jubileus matrimoniais


Neste domingo 17 de outubro celebrou-se o 20º Dia Diocesano da Família em quase todas as vigararias da diocese. Umas optaram por uma única celebração vicarial, outras fizeram-no em cada paróquia e outras ainda agruparam numa só celebração as várias paróquias confiadas ao mesmo sacerdote.

Foram mais de 1200 os casais que, celebrando no decurso deste ano 10, 25, 50 ou 60 anos de matrimónio, quiseram marcar esse jubileu com a comunidade eclesial. Numa Igreja que se quer “família de famílias”, assim é desejável que aconteça. Duas exceções devem ser assinaladas: os casais Almerinda e Ismael, de Folgosa (Maia), e Emília e António, de Lodares (Lousada), celebraram 70 anos de matrimónio. Estes exemplos de caminho longo em união matrimonial são verdadeiro júbilo para a diocese e para toda a Igreja; são também um testemunho vivo de que o amor fiel e para sempre é possível, fecundo e enriquecedor para o casal e para quantos com ele convivem.

A todos os casais atempadamente inscritos foi entregue um diploma personalizado com uma bênção do Senhor Bispo. Para esta ocasião, o Senhor D. Manuel Linda preparou uma breve e expressiva mensagem que foi visualizada ou lida nas celebrações.

Ao distribuir a celebração por vários locais, foi possível a presença em maior número dos familiares dos jubilados – nomeadamente seus filhos e netos – e a mobilização das comunidades locais, conferindo a este evento uma dimensão ainda mais familiar. Deve realçar-se o cuidado que os sacerdotes e as equipas locais tiveram na preparação das celebrações, de forma que os casais jubilados se sentissem realmente membros duma grande família, que se alegra pela fidelidade e perseverança no dom recíproco ao longo de todo um percurso de vida a dois.

(inf: SDPF)