POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Bispo do Porto visita Santuário do Coração de Maria


Em aniversário de Santo António Maria Claret

No dia 27 de outubro de 2019, o Santuário do Coração de Maria, sito nos Carvalhos, na paróquia de Pedroso, Vila Nova de Gaia, recebeu a visita de D. Manuel Linda, Bispo do Porto, em celebração comemorativa de Santo António Claret, fundador da Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (conhecidos como “claretianos”), e que comemora este ano 170 anos de existência (tendo sido fundada em 16 de julho de 1849).

O Santuário do Coração de Maria foi erigido há pouco mais de uma década e é administrado pelos missionários claretianos. Esta foi a primeira visita oficial do Bispo da Diocese do Porto, sendo, por isso, um motivo de grande alegria para toda a comunidade que se reúne neste templo. A entrada do Bispo deu-se pelo pórtico sob a torre exterior do Santuário, a partir da qual partia um belo tapete decorado com tecidos, flores e outros materiais ao longo do qual se estendiam, de cada um dos lados, duas fileiras de pessoas que saudaram o Bispo à passagem, e que este ia cumprimentando, dirigindo uma especial atenção às muitas crianças que lhe acenavam.

Na Eucaristia, além do Bispo, concelebraram treze sacerdotes, sendo a maioria claretianos das Comunidades do Seminário dos Carvalhos e do Colégio Internato dos Carvalhos, e alguns padres diocesanos de paróquias vizinhas. Na celebração o Bispo foi coadjuvado pelo Reitor do Santuário, o Padre Marçal e o Pároco de Pedroso, Padre Abílio. No altar encontravam-se ainda 8 acólitos. O templo com cerca de 500 lugares sentados, encontrava-se completamente lotado.

Após a saudação inicial pelo celebrante, foi feita uma breve introdução expondo a D. Manuel Linda o projeto de evangelização que tem vindo a ser desenvolvido no Santuário Coração de Maria. Mencionaram-se as celebrações de maior relevância, o acolhimento ao Centro de Pastoral dos Carvalhos, em particular à Catequese e Grupos de Jovens, a ação missionária dos voluntários da Procura, a formação providenciada no auditório Claret através das Conferências da Quaresma, das instituições sociais que ali promovem atividades e das iniciativas desenvolvidas de apoio à educação e à reconstrução de vidas de jovens sem proteção e famílias carenciadas.

A celebração prosseguiu, embelezada pelo Grupo Coral do Centro de Pastoral da Alheira. Na homilia D. Manuel Linda não se esqueceu da presença das crianças e numa linguagem simples, entendível por todos, com base nas leituras proclamadas e lembrando o exemplo de Santo António Maria Claret, explicou que o mundo se divide essencialmente entre os que só sabem receber e os que só sabem dar, sendo que os missionários fazem sua a tarefa de dar. Ser cristão é dar a sua vida ao serviço de uma grande causa. Terminou citando São Francisco de Assis: “É dando que se recebe”.

No momento de ação de graças a responsável da catequese, Professora Luísa Bandeira, proferiu um agradecimento em nome das crianças e dos pais, oferecendo ao Bispo um ramo de flores, que foi entregue por uma família. Seguidamente o Padre Marçal, em nome da comunidade, ofereceu a D. Manuel Linda, também através de uma família, uma escultura que reproduz a existente na parede atrás do altar.

No final o Bispo Manuel Linda, visivelmente satisfeito agradeceu aos claretianos por manterem viva a chama da fé, lembrando como têm ajudado a diocese em várias paróquias. Exprimiu uma grande alegria por ver uma comunidade viva e com tanta gente nova.

Antes da bênção final pediu às crianças que dessem os seus cumprimentos aos colegas e que os atraiam para a Igreja. Pediu também aos presentes que têm idosos em casa que não puderam assistir à celebração o envio de um gesto de carinho e que lhes dissessem que o Bispo pensa neles.

Finda a celebração D. Manuel Linda não se furtou a tirar umas fotografias com os padres e acólitos presentes e também com as crianças da catequese. A comunidade saiu da Igreja a cantar o alegre hino de Santo António Maria Claret, levando no coração o consolo da proximidade do primeiro representante dos Apóstolos na Diocese do Porto. Esta visita de D. Manuel Linda foi um marco importante na história do Santuário Coração de Maria.

(Inf. José Manuel Cruz)