POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Desafios do Papa Francisco à Igreja


Agentes pastorais da Vigararia de Castelo de Paiva – Penafiel preparam Visita Pastoral

Com um olhar pastoral sobre o ministério do Papa Francisco, a Vigararia de Castelo de Paiva – Penafiel, realizou, na passada sexta-feira, 25 de outubro, um encontro com a participação de mais de três centenas de agentes pastorais, presidido pelo Sr. D. Armando Esteves Domingues. Este foi o primeiro de três encontros a preparar a Visita Pastoral a esta Vigararia.

Nas palavras de saudação, o Vigário, Pe. Filipe Silva, apresentou os objetivos para a visita pastoral: a criação ou renovação do Conselho Pastoral em todas as Paróquias; valorizar e incentivar todas as estruturas de comunhão e de serviço; potenciar a sinodalidade como experiência do «sonho de Deus para a Igreja», na expressão do Papa Francisco. O Vigário apresentou também a nova página/site vicarial (www.vigarariapaivapenafiel.pt) espaço de partilha, informação e de serviço.

Na reflexão que partilhou com os presentes, o Sr. D. Armando apresentou os desafios do Papa Francisco para a Igreja hoje. A partir dos sinais que tocaram a sensibilidade do mundo, o Papa convida a Igreja a ser uma casa de comunhão fraterna, disponível para cuidar as feridas e ouvir os clamores dos frágeis de todas as latitudes, disposta a procurar e acolher todos, a começar pelos que estão nas periferias. Um Igreja profundamente marcada pela alegria que transparece nos documentos do Papa e é testemunho da santidade a que permanentemente é chamada. Uma Igreja missionária, enlameada na vida concreta, capaz de ler e pensar o nosso tempo, com vontade de transformar tudo pela força do amor.

Um dos grandes desafios do Papa, sublinhado pelo Bispo Auxiliar do Porto, é o da conversão pastoral, desejada já pelo II Concílio do Vaticano, pedida pelos sucessivos Papas e ensinada, no modo simples de caminhar com todos, pelo Papa Francisco. Fiel à própria vocação a Igreja renova-se na fidelidade a Jesus Cristo. Todos, com Cristo, iremos onde Deus nos levar. Não sabemos onde, - sabe-o Deus – mas juntos vamos bem, porque vamos com o Senhor.

Para todos ficou, das palavras do Sr. D. Armando e força do seu testemunho, a consciência que seremos a Igreja que aqui e agora fizer um caminho sinodal, atenta e à escuta da voz de Deus, disponível para responder na alegria.

Ainda a preparar a Visita Pastoral, haverá novos encontros com o Pe. Tiago Freitas, sobre “A Paróquia em tempos de mobilidade” (em data a confirmar) e com o Pe. Sérgio Leal, a 3 de janeiro sobre “A Sinodalidade, forma de ser Igreja”.

 


Info e fotos:  Vigararia de Castelo de Paiva – Penafiel