POLITICA DE COOKIES
Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Ao continuar a navegar consideramos que aceita o seu uso.
COMPREENDO E ACEITO

Vigararia de Amarante: Crisma na Paróquia de Real


“Como os ramos da videira, somos todos filhos de Deus”. A dignidade de filhos de Deus pertence-nos desde que nascemos, mas acolhemo-la especialmente no batismo, sacramento a partir do qual os outros se tornam possíveis.

Foi na celebração da solenidade do Batismo do Senhor que, no passado dia 11 deste mês de janeiro, teve lugar na paróquia do Divino Salvador de Real a celebração do sacramento da Confirmação de 40 jovens e de 11 adultos das paróquias de Ataíde, Banho, Carvalhosa, Castelões, Oliveira e Real, entregues ao cuidado pastoral do padre António Jorge Oliveira.

Foram também apresentados à Comunidade, nesta celebração, 45 jovens das referidas Paróquias, que tendo terminado a Catequese, iniciaram já a sua preparação próxima para a celebração do Crisma.

A celebração, que primou pela simplicidade e beleza, foi presidida por D. Armando Esteves, assinalando, desta forma, a primeira vez em que, como bispo, celebrou nestas seis comunidades.

Na sua homilia, D. Armando Esteves frisou a importância do nosso não-anonimato perante a Igreja, estabelecendo um paralelo entre os rituais do batismo e da confirmação: em ambas as celebrações, o nosso nome é o primeiro aspeto a definir. Foi também na homilia que D. Armando focou a paternalidade de Deus, o qual se pode definir com uma palavra só: Amor.

Desta forma, tendo presente o lema do Plano Diocesano de Pastoral da nossa diocese do Porto, esta foi uma celebração em que renovamos a nossa consciência de ser filhos amados do Pai e fortalecemos a alegria de fazermos parte da mesma Igreja.

(inf: Joana Novais)